Animais

Diarreia e vómitos em gatos: causas, primeiros socorros, opções de tratamento, revisão de medicamentos, aconselhamento veterinário

Pin
Send
Share
Send
Send


Fezes líquidas e náuseas são sintomas alarmantes que indicam problemas no corpo do gato.

As principais razões para tais violações incluem:

  • mudança de comida seca,
  • pedaços de cabelo dentro do estômago,
  • reacções alérgicas
  • invasões helmínticas,
  • droga, comida ou envenenamento químico,
  • doenças do fígado, pâncreas ou rins,
  • comer excessivo ou falta de mastigação completa,
  • infecções de etiologia bacteriana e viral,
  • inflamação ou a presença de tumores no trato digestivo,
  • insolação
  • dieta inadequada, baseada em produtos nocivos ao animal,
  • oncologia

Como determinar a causa dos sintomas

Para determinar o motivo pelo qual um gato vomita, é importante observar a duração dos sintomas mostrados:

  • Dia. Se depois de 24 horas o animal voltou ao normal, nada ameaça sua saúde. Neste caso, o motivo está na: transição errada para um novo alimento, agregados de lã acumulados, ingestão de animais com alimentos vencidos, ingestão rápida ou quantidade excessiva de alimentos ingeridos.
  • Mais de um dia. Tal duração requer intervenção médica e diagnóstico. A razão pode ser negligência banal do proprietário, que deixou o gato em um carro quente e processos inflamatórios dentro do corpo.

Além do tempo, um papel importante é desempenhado por:

  • A composição do vômito: encontrados pedaços de alimentos que evitam a digestão, sinalizando doenças gástricas: gastrite, úlcera, pancreatite. Espuma branca significa envenenamento ou o surgimento de processos inflamatórios.
  • A presença de sangue. Isso sugere possíveis lesões nos órgãos internos ou a presença de parasitas.
  • Vômito de cor. Uma coloração amarelada indica doença hepática.
Causas de vômito em um gato com sangue encontra-se na presença de vermes animais

O que fazer quando diarréia e vômito

O que fazer se o gato começar a se desgastar - você deve esperar no primeiro dia.

Do dono é o suficiente:

  • organizar um dia de jejum animal,
  • dê ao seu animal de estimação acesso a água fresca e purificada,
  • lave cuidadosamente o catware sem detergente para eliminar possíveis bactérias.

Para um diagnóstico preciso é necessário:

  • analisar o sangue, fezes e urina para a presença de vermes e inflamações,
  • fazer ultra-som e raios-x para entender o quadro geral do estado dos órgãos,
  • verifique os intestinos para infecções,
  • realizar uma biópsia e endoscopia para detectar tumores.

Dependendo da causa subjacente, o animal de estimação é prescrito tratamento, incluindo:

  • drogas anti-helmínticas para remover vermes,
  • fluidos intravenosos e vitaminas para desidratação grave e exaustão,
  • antibióticos para suprimir infecções
  • alimentando uma linha especial de alimentação médica,
  • prebióticos para restaurar a microflora intestinal,
  • antiácidos que neutralizam o aumento da acidez (fosforugel),
  • anti-histamínicos, prevenindo reações alérgicas (observe a dosagem),
  • corticosteróides anti-inflamatórios,
  • adsorventes, ligando e removendo toxinas do corpo.
Fosphalugel permite que você se livrar de diarréia e vômitos, limpar os intestinos de substâncias nocivas

Ao cuidar de um animal doente, observe:

  • A qualidade da dieta. Se o alimento natural é usado para a alimentação, deve ser leve e equilibrado. A taxa diária é temporariamente reduzida e é dividida em 5-6 pequenas recepções.
  • Ativo Recuperar o corpo deve ser protegido de jogos ao ar livre e anda na rua.

Por via de regra, o tratamento prescrito é médico, e se o gato continuar vomitando, então em alguns casos não será possível fazer sem ajuda cirúrgica:

  • Tumores malignos. Tais formações ameaçam ser fatais e exigem a remoção obrigatória.
  • Obstrução intestinal. O bloqueio intestinal pode levar à sua ruptura e intoxicação em larga escala.
Não se esqueça que o gato deve receber água limpa em quantidades suficientes

Prevenção Home

Em conclusão, vou anotar a lista de medidas preventivas que podem salvar um animal de estimação de conseqüências desagradáveis:

  • Transfira o gato para um novo alimento gradualmente. Misture a nova versão com a antiga, aumentando as proporções com cada alimentação.
  • Use preparações especiais que facilitem a retirada de lã. Além de desenvolvimentos prontos feitos sob a forma de guloseimas, você pode adicionar uma colher de sopa de óleo vegetal à comida todos os dias.
  • Não permita folhetos da tabela e o uso de produtos expirados.
  • Na ausência de saturação no animal de estimação, pronto para comer comida antes de perder o pulso, instale o poder fracionário. Um veterinário ajudará a calcular as normas seguras para o animal.
  • Jogue fora comida não consumida. A comida deixada é solo fértil para patógenos.
  • Trate, observando a vacinação e desparasitação.
  • Escolha alimentos de alta qualidade e alimentos frescos. Acompanhe a quantidade de vitaminas consumidas.

Intoxicação alimentar

Esta é a causa mais comum de diarréia e vômito em gatos. Envenenamento provocar:

  • Comida seca de má qualidade.
  • Comida da mesa.
  • Comida podre e obsoleta.

Se o gato comer a comida da classe econômica, não se deve surpreender o vômito e a diarreia.

Acostumado a tratar suas peças favoritas da mesa? Alimente o gatinho que sobrou da sua refeição? Esqueça esse hábito de uma vez por todas. O gato não é um homem. Seu estômago não consegue digerir o que as pessoas comem sem problemas. Pratos picantes e salgados, salsichas, salsichas, defumados ou fritos, incluindo peixes, não são comida de gato. Se você já decidiu alimentar a sua amada com comida “humana”, cozinhe para ela mingau com carne ou peixe. Sem sal e especiarias, claro.

Pet-amante de cavar no lixo? Ele poderia tirar um pouco de comida de lá. Dificilmente pode ser chamado de bom, depois de ficar no lixo.

O acesso ao lixo deve ser negado. Cerca seu animal de estimação. Então não tem que lutar com a questão da ocorrência de diarréia e vômito em gatos.

O que fazer

Como ser o dono se seu pet envenenou? Por via de regra, os sintomas da doença desaparecem dentro de 24 horas. Primeiro, o gato não sai da bandeja e vomita. Quando vomitando, a comida permanece. Os sintomas diminuem gradualmente e a condição dolorosa diminui.

Se tudo tiver passado em 24 horas, o proprietário deve fazer o seguinte:

  1. Não dê a comida de gato durante o dia. Certifique-se de excluir alimentos secos.
  2. Pet deve ter acesso a água limpa. O corpo está desidratado, ele precisa reabastecer o equilíbrio da água.
  3. Há uma opinião de que "Almagel" ou "Fosfalyugel" dão fluff para acalmar o estômago. Mas antes de derramar remédio em seu animal de estimação, consulte seu veterinário.

Envenenamento químico

Quando os gatos têm diarréia e vômito, os donos se perdem. Isso não pode ser feito, pois em muitos casos é necessário agir muito rapidamente.

Como entender que o animal de estimação envenenou produtos químicos? Os sintomas podem ser:

  • Condição lenta.
  • Respiração rápida.
  • Os olhos ficam turvos.
  • Emetic pede regularidade. O gato tem diarréia e vômito de espuma branca.
  • Uma perda de equilíbrio pode começar.

Como ajudar o ronronar? Vá com urgência para a clínica veterinária. O envenenamento químico é perigoso devido à sua alta toxicidade. Quanto mais jovem é um gato, menor a chance de sobreviver. Isto é devido à rápida desidratação.

Tente lembrar onde o animal tentou a química. O que poderia ser? Talvez você tenha lavado o chão com uma ferramenta especial, e o animal decidiu experimentar essa água? Talvez você tenha lavado o gato com um xampu “humano” ou deixado os comprimidos da lava-louças na área de acesso? Se você puder lembrar e verbalizar o veterinário que poderia ser a causa do envenenamento, será mais fácil para todos.

Infelizmente, muitas vezes os donos de gatos que saem na rua, não sabem o que envenenou seu animal de estimação. Na rua, ele pode comer uma substância química que alguém escolheu para envenenar os ratos, já que essa isca geralmente tem um cheiro agradável. Mesmo um rato, cheio de veneno e apanhado pelo seu gato, pode causar envenenamento. Salvar um animal de estimação em tais situações pode, se você urgentemente recorrer a profissionais.

Vermes no corpo

Se o gato tem diarréia e vômito com sangue - isso é um sinal da presença de parasitas no corpo. Os veterinários recomendam que todos os animais, incluindo os gatos, administrem anti-helmínticos uma vez por trimestre. Isso se aplica a absolutamente todos os animais de estimação, mesmo aqueles que dormem em travesseiros do dono e comem apenas comida de gato caro.

E se uma situação semelhante surgisse? Entre em contato com seu veterinário sem demora. Neste caso, só ele ajudará.

Fazendo análises

Antes de responder à pergunta sobre como tratar diarréia e vômito em gatos, é necessário estabelecer a causa dessa condição. O animal de estimação é levado a uma clínica veterinária e passam por esses testes:

  • Eles tomam sangue e fezes de gatos.
  • A urina para análise pode demorar, mas não pode demorar.
  • Amostragem de biópsia necessária.
  • Um raio-x é prescrito se houver suspeita de tumor.
  • Faça endoscopia.
  • Realize um ultra-som da cavidade abdominal.

Só depois disso o veterinário prescreve o tratamento necessário.

Apenas vômito

Seu gato vomita sem diarréia? Considere o que isso pode estar relacionado.

Às vezes um animal fica vomitando com fome. Uma espuma amarela sai do animal de estimação. Não tenha medo. Este vômito pára rapidamente.

Não se esqueça que os gatos são grandes limpadores. Eles regularmente lambem, colocando-se em ordem. Por essa razão, a lã é acumulada em seus estômagos. Ele se acumula em pedaços e deixa o corpo através do vômito. Isso é absolutamente normal.

Esse vômito pode durar cerca de uma hora. Mas se a lã saiu e o animal continua a rasgar, este é um motivo para ir ao veterinário.

Apenas diarreia

Nós estabelecemos as possíveis razões pelas quais um gato tem diarréia e vômito.

E se meu animal de estimação tiver apenas diarréia? É necessário observar o estado do animal. O gato está constantemente correndo para a bandeja, mas é alegre e alegre? Lembre-se, talvez você tenha lhe dado leite. A maioria dos representantes do gato é intolerante à lactose (contrariamente à opinião de que o leite é útil para animais de estimação fofos). Este produto é benéfico apenas para gatinhos com idade entre 1 e 3 meses.

Outra causa de diarréia pode ser uma mudança abrupta de alimento. Por exemplo, sempre alimentado com alimentos secos, e depois abruptamente transferidos para a bolsa. A partir disso, os gatos também podem quebrar a cadeira.

Em qualquer caso, a diarréia deve parar por um dia. Se isso não acontecer, leve o gato e vá para a clínica veterinária.

Há outra razão pela qual a diarréia e o vômito ocorrem em gatos. Isso é um trauma. Suponha que o animal tenha recebido um forte golpe. Sangramento interno ocorreu. Pet vômitos. Há diarréia grave.

By the way, vômitos e diarréia com sangue em um gato não é apenas um sinal de parasitas. É possível que o Fuzzy tenha sido ferido. Se o animal tiver um banquinho preto, é 100% de hemorragia interna. Você não pode hesitar. Uma necessidade urgente de fornecer assistência animal profissional.

Como evitar problemas

Para diarréia e vômito espuma gato não ocorreu, os proprietários precisam seguir estas regras simples:

  • Tigelas de gato devem ser mantidas limpas. Nós sempre nos lembramos disso.
  • Se um animal de estimação for alimentado com comida natural, e ele não tiver comido uma porção, o resto da comida será removido na geladeira.
  • Mudança de água regularmente.

  • Nós limitamos o contato do animal de estimação com gatos perdidos. Você pode obter vírus deles.
  • Uma vez por trimestre, damos as pílulas para vermes.
  • Não se esqueça da vacinação anual. Isso se aplica a todos os animais, mesmo aqueles que nunca saem.

Quais remédios fazem os tratamentos para diarréia e vômito em um gato? Indique-os a um especialista veterinário. A informação fornecida é puramente para referência:

  1. "Fosfalyugel". Sobre ele mencionado acima. Este remédio alivia a irritação do estômago e liga todas as toxinas, ajudando a sua remoção do corpo.
  2. "Bifikol", "Probifor" e "Hilak Forte" contribuem para a restauração da microflora nos intestinos do animal. A última droga é a mais relevante, porque os animais de estimação estão felizes em lamber.
  3. Mantenha um bom sorvente no kit de primeiros socorros veterinários.
  4. O carvão ativado atua no trato gastrointestinal de um gato da mesma forma que no envenenamento humano.
  5. Tintura de camomila Faça uma solução fraca e beba da seringa sem uma agulha.
  6. Vai ajudar com diarréia e vômito em gatos "Ftalazol".
  7. Picou o animal cloreto de sódio.

Mais uma vez, todos esses medicamentos devem ser usados ​​após o diagnóstico.

Como dar remédio

Diarréia e vômito em gatos é impossível de prever. O animal era ativo e divertido, e agora parece um trapo. Como ajudar o seu favorito fofo?

Tipos de drogas que podem nomear um veterinário, discutimos acima. Mas as indicações de dosagens não estão lá. Não se preocupe, aqui você encontrará informações sobre a dosagem de um determinado medicamento.

  • A solução de camomila é dada a cada três horas em 5 ml.
  • Meio comprimido de carvão ativado é diluído em água. Eles são soldados imediatamente.
  • Comprimidos de um quarto "Phthalazole" amassam. Criado em água. A cada meia hora, despeje esta solução em um animal de estimação.
  • Animais adultos são injetados com cloreto de sódio a 0,9%. 40 ml de cada vez.
  • "Phosphalugel" dá quatro vezes ao dia por meia colher de chá.

Período de recuperação

Se vômito e diarréia em gatos estiverem associados a envenenamento, o período de recuperação durará cerca de duas semanas. É importante observar essas recomendações:

  1. Compre alimentos especiais para gatos que tenham problemas com o trato digestivo.
  2. No primeiro dia após o envenenamento do animal de estimação não pode ser alimentado.
  3. Certifique-se de beber fofo. A desidratação ocorre muito rapidamente. A água é usada fervida ou engarrafada.
  4. Se o animal se recusar a beber por conta própria, a água é derramada de uma seringa sem agulha.
  5. Todos os medicamentos prescritos por um veterinário, para dar o gato necessariamente.
  6. Se prescreverem injeções (antibióticos, por via de regra), então devem pôr-se como prescrito por um especialista.
  7. Durante o período de recuperação, é necessário monitorar rigorosamente a nutrição do animal de estimação. Não deve haver peças da mesa, comida barata e outros "picles" no cardápio do gato. Somente feed especializado.
  8. O alimento seco pode ser substituído por molhado. Estamos falando de aranhas. Basta pré-perguntar ao veterinário, qual empresa é melhor comprar.

Como dar pílulas e picar pet

Nem sempre o proprietário sabe como realizar manipulações médicas com o animal. Aqui estão algumas recomendações:

Se você precisar dar um comprimido ao gato, dissolva o medicamento na água. Beber de uma seringa é mais fácil do que engolir. No entanto, alguns que acham mais fácil dar a pílula inteira. Para fazer isso, você precisa pegar um animal de estimação em seus braços, abrir a boca e colocar a pílula na língua mais próxima da sua raiz. Boca imediatamente perto e acariciar a garganta da base da mandíbula para baixo, ele irá provocar movimentos de deglutição do animal. Não precisa ser liberado imediatamente, caso contrário, pode cuspir a pílula. Se o animal de estimação não estiver sentado em silêncio em seus braços, ele pode ser enrolado em um cobertor para imobilizar.

Como picar um gato? Se estamos falando de picadas sob a cernelha, então o animal é colocado na superfície dura do estômago. Mesa - perfeita. Com a mão esquerda segure o animal atrás das costas e a agulha direita é inserida sob a cernelha. É mais conveniente colocar um tiro juntos. Uma pessoa segura um animal de estimação e a outra apunhala.

Com injeções intramusculares mais difíceis. Nós vamos ter que pedir ajuda de famílias ou vizinhos. É necessário segurar o gato firmemente, porque tais injeções são bastante dolorosas. O assistente segura o ronronar com as duas mãos. É melhor segurar sua cernelha com a mão direita e apertar o torso de seu animal de estimação com a esquerda. O dono faz um tiro na coxa direita. Não é necessário tratar a pele antes da injeção.

O que fazer se forem receitados conta-gotas? Em casa, isso é quase impossível de realizar. Portanto, o dono do animal terá que levá-lo para a clínica veterinária.

Conclusão

Dizem que um gato tem nove vidas. Algumas pessoas acreditam que ela mesma pode se curar. Isso é mentira. Existem doenças e problemas que só um médico profissional pode resolver. O dono do animal deve tentar prevenir doenças: dar ao gato um alimento de qualidade, vitaminas, drogas anti-helmínticas. É igualmente importante monitorar a limpeza das tigelas de animais. Se o animal estiver doente, você deve contatar imediatamente um veterinário.

Causas de violação

Se o gato voltou ao normal dentro de 24 horas, a diarréia e a náusea desapareceram, então provavelmente o motivo foi um envenenamento banal. Não se preocupe com isso. No entanto, para evitar que isso aconteça no futuro:

  • excluir da dieta dos produtos para animais de baixa qualidade ou com uma utilização anterior,
  • tente mudar a dieta,
  • estabelecer um tempo claro alimentando o gato, tentar evitar excessos no animal e a ingestão de grandes pedaços de comida,
  • Inclua na dieta do gato óleo vegetal para melhorar a digestão da lã.

Se o gato vomitar e vilificar por mais de um dia, as razões para isso podem ser:

  • reacção alérgica a alimentos ou medicamentos,
  • infecção do corpo,
  • helmintos nos órgãos internos,
  • formações no trato gastrointestinal,
  • reacções adversas aos medicamentos tomados
  • calor ou insolação
  • doenças do fígado e dos rins,
  • reação a um determinado tipo de alimento.

Причины рвоты у кошки с кровью кроются в наличии у животного гельминтов. Они проникают во внутренние органы и медленно разрушают их. Отсюда и появление в рвотных массах частиц крови.

O que fazer quando a deterioração do animal

Se o animal freqüentemente vomitar e não tiver diarréia, ele deve ser tratado imediatamente. Qualquer atraso pode ameaçar a saúde ou até mesmo a vida de um gato. A fim de não piorar a situação do animal de estimação é melhor mostrar um médico especializado. Um veterinário após o exame para estabelecer a causa e prescrever uma terapia eficaz. Para que o diagnóstico seja mais confiável, você deve colher amostras de vômitos e fezes para análise.

Mas se não é possível mostrar o gato ao médico, então você precisa saber o que fazer em casa quando o gato tiver vômito e diarréia..

  • O animal não deve ser alimentado por algum tempo.
  • Todos os recipientes para comer e beber um gato devem ser cuidadosamente lavados e esterilizados sempre que possível.
  • Para facilitar o estado do animal de estimação deve dar-lhe Bifikol ou Probifor. Outras drogas para dar é estritamente proibida.
  • É necessário fornecer um animal de estimação muita bebida. Neste caso, a água deve ser purificada, preferencialmente engarrafada.
  • Quando todas as atividades não trazem alívio, a empresa e a diarréia continuam, então uma visita ao veterinário é obrigatória.

Diagnóstico

Com vômitos prolongados e diarréia, o gato começa a perder peso, o corpo fica desidratado e isso pode ser fatal. Para evitar isso, é necessário estabelecer a causa da doença de maneira oportuna e eliminá-la. Isso requer um diagnóstico para identificar possíveis patologias.

O início do diagnóstico começa com a inspeção do animal. Uma inspeção visual pode ajudar a determinar a causa do distúrbio na função do trato gastrointestinal. Além disso, o médico estará interessado em informações detalhadas sobre a dieta do animal, os medicamentos utilizados ou vacinas, se houver.

Além disso, o médico nomeou:

  • análise de depósitos fecais para detectar traços de vermes ou bactérias patogênicas,
  • exame de sangue para bioquímica
  • análise para a presença de patógenos de doenças intestinais,
  • diagnóstico ultrassonográfico de órgãos internos,
  • exame endoscópico ou biópsia, se necessário.

Após o diagnóstico, é prescrito o tratamento adequado, que será eficaz para cada caso individual.

Uma condição importante para a recuperação de um gato é o cuidado adequado e o tratamento oportuno. Esses dois fatores são fundamentais para a saúde do animal e ajudam a prevenir o desenvolvimento de diarréia e vômito.

Eventos médicos

Quando um gato tem diarréia e vômito, e continua por mais de um dia, é impossível fazer sem medidas terapêuticas. Para aliviar a inflamação das paredes do estômago, drogas humanas, como o Fosfalugel, são adequadas. Deve ser dado ao gato da seguinte maneira: digite uma pequena quantidade na seringa sem agulha e injetá-lo na boca dele. O jato deve ser direcionado para o céu do animal. Para o animal de estimação não saiu melhor para pedir ajuda de alguém e ficar fofo.

Melhorar o processo digestivo ajudará Hilak Forte. Ele pode ser adicionado à água que seu animal de estimação bebe ou você pode simplesmente lamber o dedo. O sabor do remédio é como um gato e eles simplesmente o lambem. Estas gotas são permitidas para dar até mesmo um gatinho em violação da função do estômago e diarréia.

Por algum tempo, o gato precisa ser transferido para um alimento veterinário especial. Não causa irritação da mucosa gástrica e contém em sua composição fibras absorventes e excretando substâncias tóxicas do corpo. Apenas tenha em mente que alimentos veterinários de alta qualidade nunca secam. Afinal, tal alimento só prejudicará o animal de estimação e não ajudará na luta contra a diarréia e o vômito.

Prevenindo vômitos e diarréia

A causa mais comum de mal-estar em um gato, diarréia e vômito é o envenenamento ou a interrupção do estômago devido à desnutrição. Para evitar tais problemas, a prevenção é importante. Medidas profiláticas para diarréia e vômito devem incluir:

  • a preparação da dieta de acordo com as necessidades do animal e sua idade,
  • É necessário dar preferência a rações de alta qualidade contendo todas as vitaminas e minerais necessários,
  • é imperativo lavar a tigela do gato depois das refeições,
  • introduzir gato para a prevenção de drogas anti-helmínticas em intervalos de uma vez a cada três meses,
  • não altere drasticamente a dieta,
  • mantenha seu animal de estimação longe de animais extraviados e selvagens,
  • realizar exames periódicos do animal de um veterinário.

Embora os médicos recomendem não alterar drasticamente a dieta do animal de estimação, mas se o gato tem diarréia com bastante frequência, a razão para isso também pode ser uma dieta monótona. Não se debruçar sobre o mesmo alimento para o animal. Mesmo se ele come com prazer agora, então logo ela vai incomodá-lo. O gato perderá o apetite, e este é um caminho direto para indigestão, diarréia e vômito.

Os médicos aconselham fazer variado menu de gatos. Por exemplo, o primeiro dia a base do menu pode ser carne cozida. Ele contém proteínas suficientes para a saúde e atividade do gato. No segundo dia, você pode incluir peixe de rio na dieta e, no dia seguinte, peixe de mar cozido. De seu gato recebe o fósforo necessário.

Não se esqueça que os cereais desempenham um papel importante para a saúde do animal de estimação. A melhor opção de alimento para um gato é qualquer cereal com adição de carne ou peixe. Além disso, não esqueça que o gato deve receber água limpa em quantidades suficientes.

Essas recomendações simples ajudarão a evitar muitos dos problemas associados à saúde do seu animal e reduzir o risco de interrupções no sistema digestivo, como diarréia e vômitos.. Sob tais condições, o gato será ativo, alegre e deleitará seu dono.

O que fazer com diarréia e vômito em um gato

A fim de evitar a deterioração do estado do animal, e às vezes até para salvar uma vida, é necessário fornecer os primeiros socorros corretos. Primeiro de tudo, você deve se acalmar, recolher o conteúdo de fezes e massas eméticas e ir a uma consulta com um veterinário.

Se, por qualquer motivo, a visita de um gato a um especialista não for possível em breve, você deve tomar as seguintes medidas em casa:

  • não dê comida de animal,
  • Enxaguar todas as taças
  • restaurar microflora usando drogas Probifor ou "Bifikol",
  • fornecer o animal com água potável,
  • mostre o gato o mais rápido possível a um especialista.

Terapia combinada de diarréia e vômito só pode ser prescrita por um veterinário com base nos estudos realizados. A automedicação pode levar à deterioração, até um limiar crítico.

Tratamento possível

O tratamento de um gato, se vomitar e vomitar, dependerá das razões para essa condição. Muitas vezes, os animais têm doenças do sistema digestivo e seus órgãos.

  • Se o aparecimento de vômitos e diarréia causou intoxicação alimentar, o médico pode prescrever um tratamento. "Atoxil" e "Enterosgel".
  • Se o motivo fosse a presença de parasitas no corpo do gato, sua destruição exigiria a utilização de drogas antibacterianas e anti-helmínticas.
  • Independentemente da causa, o animal precisa beber muita água. Para fazer isso, use água pura, de preferência engarrafada.
  • Antiácidos e probióticos ajudarão a restaurar a microflora intestinal.
  • Aliviar a irritação da mucosa gástrica ajudará Fosfalugel. Este medicamento é vendido em qualquer farmácia. O gel é coletado em uma seringa sem uma agulha e despejado diretamente na boca do gato.
  • Eliminar a diarréia pode dieta rigorosa ou alimentos especiais que tem propriedades medicinais.
  • Talvez a nomeação de conta-gotas intravenosos, que são projetados para combater a desidratação.

Medidas preventivas

Para evitar diarréia e vômito em um gato, recomenda-se que sejam tomadas as seguintes medidas preventivas:

  • Use na dieta apenas alimentos de alta qualidade e produtos frescos.
  • Não misture alimentação industrial diferente.
  • Não deixe comida velha em uma tigela, jogue-a fora antes da próxima refeição e lave-a bem depois disso.
  • Produza desparasitação regular.
  • Não mude drasticamente a dieta.
  • Não dê contato com gatos domésticos com animais de rua.

Vídeos relacionados:

Mesmo após o vômito e a diarréia terem parado em um gato, é necessário proteger seu sistema digestivo. Para fazer isso, a alimentação é feita em partes, em pequenas partes. Durante a semana, após os sintomas desaparecerem, o gato pode permanecer letárgico e sonolento. Essa reação é normal para um corpo enfraquecido e não requer tratamento.

Pin
Send
Share
Send
Send

zoo-club-org